+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

Acabo de assistir um noticiário na TV e em seguida entra o programa de variedades. Ainda sentado na mesa, sem sequer ter levantado para desligar o aparelho, ainda escuto : “ … estou aqui nesse caminho cheio de natureza, verificando se está tudo em ordem, porque amanhã receberemos aqui a Nossa Senhora de Fátima e é muito importante ver se está tudo certo.. dai, continua … estou agora entrando em meu espaço Zen, onde sou recebida por um Buda que me foi doado por meu chefe, já está repleto de rosas…”
Sincretismo, é quando existe um amalgama de crenças, uma mistura de doutrinas diferentes. É quando por exemplo as baianas do candoblé, lavam as escadarias da igreja do Senhor do Bonfim, é quando me ajoelho diante da imagem de Cristo e na sexta feira recebo os passes na mesa branca, é quando carrego comigo as fitas do Senhor do Bonfim, mas não largo minha estátua de Krishna
Nossa nação é uma nação sincrética e isso se dá por vários motivos, mas principalmente pela proibição feita aos escravos de adorarem seus ídolos, o que os levou a darem aos mesmos nomes dos santos católicos, foi assim Conceição se tornou Iemanja
Essa atitude sincrética é comum na sociedade brasileira em praticamente todas as áreas. Somos “ sincréticos” na política que é marcada pela nítida ausência de uma ideologia partidária, somos sincréticos no estilo de vida, juntos formamos um caleidoscópio de tendências . mas isso, nem sempre se constitui um problema, na realidade pode mostrar a diversidade cultural da nação com suas origens variadas e a recepção de grandes imigrações.
No entanto, volto ao caminho “Zen” por onde vai passar a “ Nossa” senhora da conceição e que lá Buda a espera de pernas cruzadas e braços distendidos. Nesse particular vejo no sincretismo a ausência de fé, onde alguns poderiam ver a sua presença em demasia. Segundo a Bíblia, Fé é a certeza das coisas que não vemos , mas o sincretismo mostra a ausência de fé quando “ apela” para diferentes deuses, divindades, crenças, ritos e religiões.
O cristianismo não se admite na perspectiva do sincretismo. Pode parecer difícil para alguns entenderem, mas Jesus Cristo é inclusivo no seu amor, largo em sua misericórdia, grande em compaixão… mas é exclusivo quando se trata do caminho ao Pai celestial.
Na realidade, foi Ele mesmo quem disse “ Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim…Jo 14:6. Essa é a exclusividade, a do caminho, do meio de acesso a Deus Pai. Quando ministrava aos seus discípulos nos momentos finais de sua vida terrena ele disse “ sem mim, nada podereis fazer…” Jo 15:5
Uma nação que busca ser abençoada por Deus deve estar atenta aos seus valores e a espiritualidade é o principal deles. A Bíblia nos ensina que “ Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor” . Espero ainda que o sincretismo seja um dia apenas uma expressão cultural, que mostre a diversidade de nosso povo, mas que no tocante a espiritualidade, Jesus possa ser um dia glorificado como único e suficiente salvador.
ABOUT THE AUTHOR
admix