+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

Acordo cedo, faço minhas leituras, leio minha bíblia e faço minhas orações. Em seguida ao café da manhã abro o Jornal do Comércio, leio estas letras e, sinceramente, não sei mais o que dizer. Este homem é patologicamente necessitado. Somente os cegos não veem isso, mas existem cegos que não querem ver…
Tanto o EX Presidente quanto o jornalista se enganam profundamente quanto ao ensino Bíblico. O primeiro mostra até onde vai seu ímpeto populista o que já demonstrou em outras ocasiões em relação ao mesmo tema, Palavras de Jesus. Lula brinca com o sagrado como se ele fora neutro. Mas atente e tome cuidado o sagrado tem identidade e personalidade, além de caráter próprio. O segundo apenas mostra seu grau de desconhecimento, o que também é grave em se tratando de um repórter de veículo jornalístico tão importante.
Eis o que li, que me chocou, mas não me surpreendeu vindo de onde veio.
O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva interpretou, nesta quinta-feira, uma famosa passagem bíblica onde Jesus diz: “Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus”. Em Salvador, ele disse que é “bobagem” o que o Novo Testamento apregoa sobre a promessa de que o reino dos céus é para os pobres. Ele discursou de manhã para uma plateia formada em sua maioria por pequenos agricultores.
— Bobagem, essa coisa que inventaram que os pobres vão ganhar o reino dos céus. Nós queremos o reino agora, aqui na Terra. Para nós inventaram um slogan que tudo tá no futuro. É mais fácil um camelo passar no fundo de uma agulha do que um rico ir para o céu . O rico já está no céu, aqui. Porque um cara que levanta de manhã todo o dia, come do bom e do melhor, viaja para onde quer, janta do bom e do melhor, passeia, esse já está no céu. Agora o coitado que levanta de manhã, de sol a sol, no cabo de uma enxada, não tem uma maquininha para trabalhar, tem que cavar cada covinha, colocar lá e pisar com pé, depois não tem água para irrigar, quando ele colhe não tem preço. Esse vai pro inferno — discursou Lula, para delírio das cerca de mil pessoas que lotavam o auditório de um hotel de Salvador.  Segundo a Bíblia, o consolo dos pobres que levam uma vida terrena dura e de privações seria obter os “tesouros espirituais” quando morresse.
Pouco antes de falar, recebeu de presente uma garrafa de cachaça. Como se ainda estivesse ocupando a cadeira de presidente da República, Lula fez um balanço de suas realizações.
Jornal do Comercio 22.07.11
ABOUT THE AUTHOR
admix