+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

Notícia – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou nesta segunda-feira (21), no Palácio do Itamaraty, em Brasília, o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos. Um dos aspectos abordados pelo programa é a defesa do projeto de lei do casamento gay, que permite a união civil entre pessoas do mesmo sexo.
De acordo com o material divulgado à imprensa pela Secretaria de Direitos Humanos, que coordena o programa junto com outros 30 ministérios, além de apoiar o projeto sobre união civil, o programa prevê que os sistemas de informação pública passem a considerar como informações autodeclarações de gays, lésbicas, travestis e transsexuais. O projeto defende ainda que travestis e transsexuais possam escolher seus nomes em documentos sem necessidade de decisão judicial.
Símbolos religiosos
Outro tema polêmico do programa é a criação de mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União. O programa prevê também a inclusão no currículo escolar do ensino da diversidade religiosa com destaque para as religiões africanas.
Fonte : Globo.com

Os direitos humanos são direitos jamais alienáveis, tenho reiterado isso em todas as minhas colocações. Mas o que está acontecendo no Brasil, em algumas áreas, não é simplesmente uma luta imparcial para estabelecimento de direitos humanos a cada cidadão. Não preciso mais dizer que a parceria civil deve ser um direito a qualquer cidadão, hétero, homo ou qualquer tipo de sexual que entenda-se existir. Não é necessário também dizer que é patético juntar-se dois homens ou duas mulheres com damas de honra e valsa nupcial e juntos(as) subirem ao altar como se isso fora casamento. Simplesmente patético.
Que quiser se unir a outra pessoa, seja lá qual for o objetivo, deve fazer segundo a sua consciência. Mas chamar de casamento, não isso não é casamento…pense comigo, não casa porque não encaixa, não cumpre o propósito, não se completa. Não se completa porque na criação foi feito homem e mulher para que se completassem. Um casamento deve ter suas particularidades , deve ser hábil a educar filhos estáveis, sob a orientação de um homem e de uma mulher porque isso é necessário. Um casal de homossexuais que adota uma criança está expondo-a a ausência de uma educação completa, onde traços masculinos e femininos serão expostos e ajudarão na formação do ser.
Quantas vezes você já escutou de uma criança com problemas que ficou claro que a ausência paterna, a figura masculina fez falta naquela formação, assim como a figura e presença feminina. Uma criação com pares homos será uma criação homogênea e nós precisamos do heterogêneo em nossa formação.
Quanto aos símbolos religiosos, ora se o estado é laico, que se retire os feriados religiosos também e quanto a isso sou plenamente a favor. Porque o país para no dia de Aparecida? E porque não para no dia 31 dia da reforma protestante ou no dia de Zumbi, ou de uma entidade qualquer dos cultos africanos? Não seria isso direito humano também, já que ter uma cruz numa sala está sendo julgado como contra esse direito? Gostaria de ver a coragem do presidente Lula e do seu governo comprar a briga contra a Igreja Romana e suspender os feriados religiosos do pais. Ao contrário , ele se rende e faz concessões…
O nome disso meus prezados é o que acontece nas ações do governo federal e se chama incoerência e conveniência. Luiz Inácio é mestre nisso, ser incoerente faz parte de seu DNA. Se o Filme filho do Brasil mostrar todas as nuanças dessa história, em alguns momentos poderá parecer que é a história de outra pessoa. O ensino religioso num estado laico deve ser opcional. E assim será sempre eu espero. E deve mostrar a diversidade, mas sem ênfases em qualquer culto, como parece o texto pretende.
Que faz fala em direitos humanos e recebe com honras o presidente do Irã e se deleita com Fidel Castro, e vive de conchavos com los Locos Chavez e Morales… não tem qualquer autoridade no tema.
Agora me permita uma palavra aos líderes cristãos e enfaticamente aos evangélicos. Vocês que se vendem aos políticos em épocas de eleições, que trocam apoio por tijolos cimento e outras coisas, que levam suas igrejas a apoiar esse ou aquele candidato numa negociação vergonhosa, manchada de interesses pessoais e corporativos, que confundem apoio político com negociata, com trocas nojentas… vocês envergonham a imagem do evangelho com esse tipo de alianças.
Vocês que recebem o político em seus púlpítos, cedem a tribuna sagrada para alimentar lobos em troca de vantagens… e que nesses momentos esquecem que esses homens e mulheres são exatamente os que estão construindo e oficializando aquilo que o evangelho condena.
Vocês que recebem, ou desejariam , ou gostariam de ter em seus púlpitos a ministra Dilma que recentemente esteve em uma igreja pentecostal do Brasil saudando a todos com a Paz do Senhor, mas na Bahia em seguida saudou a todos com o aché, e no norte do pais saudou a santa do Sírio de Nazaré
Pensem em seus atos e não sigam a incoerência do líder nacional. Já basta ele, e nunca se esqueçam que ele acha que Jesus faria aliança com Judas.. e vocês fariam com quem?
http://www.mj.gov.br/sedh/pndh3/pndh3.txt
http://www.youtube.com/watch?v=fK4Tqpckjo0
ABOUT THE AUTHOR
admix