+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

Sempre que consigo e quando há algo interessante, gosto de assistir o programa do . Portanto assisti nesses dias uma entrevista do Rev. Anglicano Aldo Quintão pároco da catedral anglicana de São Paulo e conhecido como o Reverendo casamenteiro. Conheci o citado Reverendo rapidamente faz alguns anos e me surpreendi com sua performance na entrevista do . Eu explico:
Lamentavelmente tenho que dizer que as informações dadas pelo citado reverendo não são de todo verdadeiras e colaboram com a desinformação sobre esse ramo do cristianismo. Para esclarecer coloco apenas algumas informações :
A Igreja Anglicana, não defende, nem aceita o homossexualismo como algo dentro da normalidade de comportamento. Cito a resolução da Conferência de Lambeth de 1988, ainda válida e que diz a posição oficial dessa denominação cristã.
Resolução I.10 Conferência de Lambeth 1998 sobre Sexualidade Humana
Esta Conferência:

Recomenda para a Igreja o relatório de subseção sobre a sexualidade humana
1. Devido ao ensino das Escrituras, apóia a fidelidade no matrimonio entre um homem e uma mulher em união vitalícia, e acredita que a abstinência é correta para aqueles que não são chamados a viver a vida matrimonial;
2. Reconhece que há entre os seres humanos pessoas que têm uma orientação homossexual. Muitos destes são membros de igrejas e estão buscando o cuidado pastoral, e a direção moral da Igreja, e Deus em Seu poder está transformando suas vidas e ordenando suas relações. Nós nos comprometemos a escutar à experiência destas pessoas desejamos assegurar que elas sejam amadas por Deus. …..
3. Enquanto rejeitamos a prática homossexual como incompatível com as Escrituras, conclamamos todos a ministrar pastoralmente e sensivelmente a todos independente de sua orientação sexual e condenamos o medo irracional de homossexuais, violência dentro do matrimonio e qualquer maneira trivial de tratar ou comercializar a sexualidade humana;
(e) Não podemos aconselhar, legitimar ou abençoar as uniões do mesmo sexo. Nem a ordenação destes que se envolvem neste tipo de união.;
(g) Denotamos …..a autoridade de Escritura em assuntos de matrimonio e sexualidade……
Está claro que a igreja acolhe qualquer pessoa, mas está também claro que isso não significa que concorda com o seu estilo de vida.
Sou pastor anglicano em Jaboatão dos Guararapes ( Grande Recife) , e nossa paróquia é hoje a maior igreja Anglicana da América Latina em números, inserção, atividades e ministérios. Temos recebido pastoralmente pessoas de diferente estilos de vida e opção sexual, mas os encaminhamos na direção da transformação de suas vidas pelo poder de Jesus Cristo, e isso tem acontecido com frequência.
Ninguém pode ser considerado “Um Anglicano” porque aceita homossexuais sem distinção e porque crê na misericórdia etc.. Ser um anglicano é crer em Jesus Cristo como único Senhor e Salvador. Associado a isso, ser um anglicano é ser um cristão bíblico e ao mesmo tempo contemporâneo, atento ao que ocorre no tempo e no espaço e pronto para interferir no processo da justiça, da misericórdia, dos valores cristãos.
Respeito as opiniões pessoais do Rev Aldo, seu profícuo trabalho social, e a de quem quer que seja, respeito as opções de qualquer pessoa, mas não posso abrir mão das Escrituras e de todas as suas implicações na vida do ser humano ontem , hoje eternamente.

ABOUT THE AUTHOR
admix