+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

20180602_163849_0000

IMG-20180602-WA0012

COMUNICADO OFICIAL

IGREJA ANGLICANA NO BRASIL

Quem somos, com quem comungamos, no que cremos

    Ontem foi um dia infame para a história do cristianismo bíblico e histórico no Brasil. E justamente no dia em que celebramos a chegada e estabelecimento do anglicanismo no nosso país, que aqui chegou na bagagem de dois jovens missionários norte-americanos, Lucien Lee Kinsolving e James Watson Morris, em 1º de junho de 1890. Jovens cheios de sonhos e fiéis ao evangelismo anglicano, de visão missionária e confessional.

Nesta mesma data, 128 anos depois, a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil mudou a sua forma litúrgica e canônica para afirmar que o casamento, nessa denominação, não se faz apenas entre um homem e uma mulher, mas entre quaisquer duas pessoas, independentemente do gênero de cada uma delas. Em poucas palavras, a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil declarou sua aprovação ao casamento homoafetivo.

    Como Bispo Primaz da Província da Igreja Anglicana no Brasil e diante deste fato lamentável, pesa sobre mim, e sobre os demais bispos de nossa igreja, para evitar qualquer mal-entendido, a responsabilidade e a necessidade de deixar claro nosso posicionamento contrário a tal decisão, bem como de esclarecer quem somos, com quem comungamos e no que cremos.

Quem somos?

A igreja Anglicana no Brasil é uma igreja de tradição anglicana, que nasce a partir das comunidades, pastores e pastoras que foram excomungadas da Igreja Episcopal Anglicana do Brasil em 2005, por estarem em desacordo com essa denominação no que diz respeito à normalidade da prática homossexual  e a ordenação de pessoas dela praticantes ao sagrado ministério pastoral. À época, o então Bispo Diocesano, Robinson Cavalcanti, liderou sua diocese na direção de conscientemente concordar em obedecer à Resolução 1.10 da Conferência de Lambeth de 1998 (Conferência de todos os bispos anglicanos do globo que ocorre a cada dez anos), onde se lê:

RESOLUÇAO 1.10 – Sexualidade Humana Esta Conferência:

  1. a) recomenda à igreja o relatório da subseção sobre sexualidade humana;
  2. d) ao mesmo tempo em que rejeita a prática homossexual como incompatível com as Escrituras, solicita a todas as pessoas que auxiliem, de maneira sensível e pastoral, todas as pessoas, independente de sua orientação sexual, escondem o medo irracional aos homossexuais, a violência no casamento e toda banalização e comercialização do sexo;
  3. e) não pode recomendar a legitimidade ou a bênção de uniões do mesmo sexo, nem ordenar aqueles que estão envolvidos em uniões do mesmo gênero;
  4. f) solicita aos Bispos Primazes e ao Conselho Consultivo Anglicano que estabeleçam meios para monitorar o trabalho realizado sobre a sexualidade humana na Comunhão Anglicana e compartilhar informes e recursos entre nós;

Acatamos essa resolução na íntegra, e rompemos relações com todas as Províncias, dioceses, paróquias, clérigos e instituições que decidiram seguir pelo caminho oposto.  

Depois disso, durante 14 anos a Diocese Anglicana do Recife funcionou como uma diocese sem uma Província a que filiar-se. Em 2008, centenas de bispos anglicanos evangélicos e fiéis às Escrituras se negaram a ir à Conferência de Lambeth porque o arcebispo da Cantuária não tomou nenhuma atitude quanto a sagração de um bispo norte-americano (Gene Robinson) homossexual praticante e então vivendo maritalmente com um parceiro. Ao invés disso, decidiu-se pela organização da 1ª Conferência Global sobre o Futuro do Anglicanismo (GAFCON), que mais tarde veio a se tornar um movimento que hoje envolve as principais províncias da Comunhão Anglicana. Hoje, o GAFCON é a Fraternidade de Confessantes Anglicanos e engloba 10 Províncias Anglicanas espalhadas pelo mundo. Ainda como diocese, fomos reconhecidos como legítima igreja anglicana pela maioria da membresia da Comunhão Anglicana.

Em 12 de Maio deste ano de 2018, devido ao crescimento da nossa Igreja no Brasil, tivemos o privilégio de formar a Província da Igreja Anglicana no Brasil, com 3 dioceses, 74 clérigos (as) e 54 comunidades. Imediatamente, fomos reconhecidos e recebidos no Movimento Sul Global, também parte da Comunhão Anglicana.

    A Igreja Anglicana no Brasil não é reconhecida pela Sé da Cantuária como parte da Comunhão Anglicana “oficial”. Existem diferentes corpos eclesiásticos de tradição anglicana e nós entendemos que para ser anglicano não se faz necessária tal filiação. A bem da verdade, e de acordo com a tendência teológica da Cantuária, teremos de discutir uma eventual futura filiação com toda a igreja. De qualquer forma, atualmente, somos uma Província Anglicana reconhecida pela maioria da Comunhão Anglicana.

Com quem Comungamos?

Comungamos, dentro do mundo Anglicano, com diferentes províncias e nos relacionamos com Províncias, Dioceses, Paróquias e clérigos em todo mundo. Nos relacionamos, somos reconhecidos e estamos do mesmo lado dos anglicanos históricos, somos herdeiros do pensamento de anglicanos como John Wesley, C.S. Lewis, J. Stott, somos parceiros na missão de homens como Michael Green, J.A Packer, Alister Mc Grath, N.T. Wright, Christopher Wright  e outros.

Mantemos estreito relacionamento com ministérios e líderes evangélicos em volta do globo. No Brasil, também somos parte da Rede Inspire, que envolve aproximadamente 400 igrejas de diferentes denominações, além de manter estreito relacionamento com as principais igrejas evangélicas do País. Comungamos com toda e qualquer igreja que creia nas Sagradas Escrituras do Novo e do Antigo Testamento como sendo a Palavra viva de Deus.

No que cremos?

A Igreja Anglicana no Brasil, inicialmente, crê nas Sagradas Escrituras do Novo e do Antigo testamento como inspirada Palavra de Deus, e a temos como regra de fé e prática, de acordo com o artigo VI dos 39 artigos da Declaração de Fé da Reforma Inglesa.

Acreditamos que Escrituras contém todas as coisas necessárias para a salvação, de modo que tudo o que nela não se lê, nem por ela se pode provar, não deve ser exigido de pessoa alguma que seja crido como artigo de Fé ou julgado como exigido ou necessário para a salvação. E por Escrituras Sagradas entendemos os Livros canônicos do Antigo e do Novo Testamento, de cuja autoridade jamais houve qualquer dúvida na Igreja.

  •         Acatamos os 39 artigos de religião, mola mestra da reforma inglesa
  •         Cremos na salvação pessoal pela graça  e mediante a fé, intermediada exclusivamente por Jesus Cristo como único e suficiente salvador.
  •         Cremos na Ressurreição do corpo e na vida eterna
  •         Cremos na necessidade da conversão pessoal para a obtenção da vida eterna com Deus
  •         Cremos em uma igreja histórica, missionária e contemporânea
  •         Cremos que o matrimônio é um estado sagrado, vivido, necessariamente, entre um homem e uma mulher, e o que vá além disso consideramos “anátema”

Relação com a Igreja Episcopal Anglicana do Brasil

    Desde 2005, não temos nenhum tipo de relacionamento com essa instituição religiosa, pelos motivos acima citados e por entendermos que ela se afastou tanto das Sagradas Escrituras quanto dos formulários e decisões da Comunhão Anglicana.

    Para os que desejarem conhecer mais um pouco sobre nossa Igreja e nossos relacionamentos, seguem links que podem esclarecer ainda mais essa realidade.

Por fim, queremos dizer que Somos Anglicanos, Somos evangélicos, Somos Bíblicos, Somos conservadores, Somos tudo aquilo que A Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada, nos direciona a ser.

Recife, 02 de Junho de 2018

 

Miguel Uchôa Cavalcanti

Bispo Primaz da Igreja Anglicana no Brasil

Diocesano de Recife

Márcio Simões

Bispo da Diocese de Vitória PE

Márcio Meira

Bispo da Diocese de João Pessoa PB

Flavio Adair

Bispo Auxiliar de Recife

Evilásio Tenório

Bispo Auxiliar de Recife

 

 

Links para esclarecimentos:

GAFCON – FCA

https://www.gafcon.org/news/the-anglican-church-in-brazil-and-the-anglican-communion

https://www.gafcon.org/news/gafcon-installs-primate-of-anglican-church-in-brazil

Blog de Miguel Uchoa

http://migueluchoa.com/enraizados-em-um-glorioso-passado-vivendo-a-realidade-do-presente-e-olhando-com-esperanca-para-o-futuro/

American Anglican Council

https://americananglican.org/current-news/on-the-road-with-canon-phil-recife-brazil/?utm_source=International+Update+May+15%2C+2018&utm_campaign=International+update+&utm_medium=email

https://americananglican.org/current-news/recife-reformation-revival-and-realignment-a-sermon-to-believe-in/?utm_source=Int.+Update+May+29%2C+2018&utm_campaign=International+update+&utm_medium=email

Premier Site Ingles de notícias cristãs

https://www.premier.org.uk/News/World/Conservative-Anglicans-form-new-Brazilian-denomination?utm_source=Premier%20Christian%20Media&utm_medium=email&utm_campaign=9477783_Daily%20news%2015th%20August%202018&utm_content=Brazil&dm_i=16DQ,5N53R,IVVR34,LXYWD,1

Anglican InK

file:///C:/Users/Miguel/Dropbox/Miguel%20Uchoa%20installed%20as%20first%20primate%20of%20the%20Anglican%20Church%20of%20Brazil%20_%20Anglican%20Ink%202018%20%C2%A9.htm

http://www.anglican.ink/article/recife-forms-anglican-church-brazil

http://www.anglican.ink/article/recife-received-anglican-province-gafcon

ABOUT THE AUTHOR
Miguel Uchôa

Miguel Uchôa Cavalcanti é bispo anglicano da Diocese do Recife (PE) e reitor da Paróquia Anglicana Espírito Santo (PAES), na cidade de Jaboatão dos Guararapes, região metropolitana do Recife, desde 1996, quando a fundou. Bacharel em Teologia com pós-graduação pelo Seminário Teológico Batista do Norte. Engenheiro de Pesca com especialização em Israel, China e Brasil. É casado com Valéria e pai de Gabriel e Matheus.