+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

Liderança que conduz
Marcos 2:1-12: 1 Coríntios 2:14-3:15
Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz
Francisco de Assis 

Hoje começaremos pelo texto da carta, ela traz uma lição tão necessária quanto a própria essência do evangelho. Inicialmente perceba que está ali inserida uma advertência muito pertinente com o comportamento dos mestres da lei que em seu coração julgavam Jesus pela Sua atitude de curar e perdoar os pecados daquele paraplégico que a Ele havia sido trazido. Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus” temos a tendência a julgar baseados em uma lista de normas e regras, julgamos baseados em nossas tradições e em nossos conceitos tão limitados quanto o alcance de nossas limitadas mentes e corações. Paulo adverte os coríntios para que essa atitude não ganhe espaço em seus corações. Tomando a carta como um texto único e sem as posteriores subdivisões, você vai poder perceber que essa exortação faz sentido diante do que o apóstolo vai introduzir a seguir e ele introduz um ensino sobre a importância da unidade. Já falamos um pouco sobre isso na semana passada, mas nunca é pouco falar sobre algo tão valioso para o coração de Deus. O mal que a falta de unidade faz aos cristãos e consequentemente à Igreja de Jesus Cristo é incomparável, nada pode se assemelhar a ele. Lamentavelmente isso já se tornou “endêmico” no meio da cristandade. A multiplicação das denominações cristãs é a maior atestação de nosso fracasso em seguir o que Jesus ensinou.

Observando aqui sobre outra perspectiva, a daqueles que podem e devem agir de maneira que isso seja evitado é onde eu quero concentrar nossa reflexão de hoje. Afinal de contas, quem é Apolo? Quem é Paulo? Apenas servos por meio dos quais vocês vieram a crer” Quem lidera o povo de Deus leva sobre os seus ombros um imenso peso de responsabilidade, aqueles (as) que conduzem o rebanho de Cristo precisam refletir sobre suas atitudes. O apóstolo está exortando o povo, não parece haver aqui qualquer culpa nem de Paulo, nem de Apolo, no entanto os dias de hoje são bem diferentes, homens cheios de si tem arrebanhado pessoas para seus arriscados apriscos plenos de personalismos e projetos pessoais, impérios tem sido criados em torno de nomes e placas.

Meus olhos estão fitos nesse nome, nesse que pode curar, nesse que perdoou os meus pecados da mesma forma que fez com aquele pobre inválido fisicamente. Paulo, Apolo podem ser instrumentos, mas jamais serão o caminho a verdade e tampouco a vida. Meu conselho a você hoje é que pense sobre isso, reflita onde você tem colocado a sua esperança, em quem você tem confiado e se encha de cuidado com os nomes e com aqueles que lamentavelmente vêm vestidos de cordeiros, mas que por dentro de si e em seus corações mais se parecem com lobos dispostos a retirar das pessoas tudo que lhes resta para que seus projetos alcancem seus objetivos.

Observando agora pela perspectiva dos mestres da lei perceba que eles não conseguiam ver o perdão dos pecados daquele homem, eles não enxergavam na perspectiva de Jesus, seus corações estavam cauterizados pela cegueira espiritual. Eles estavam corretos em dizer que somente Deus poderia perdoar os pecados, mas erraram enquanto não reconheceram em Jesus o próprio Deus e assim pela dureza de seus corações o acusaram de blasfêmia.

Você hoje está lendo esse texto e refletindo sobre uma história que faz parte do passado e que assim tem o privilégio de saber com mais detalhes do que aqueles mestres da lei o fim dessa história. Você, assim como eu sabe que Jesus viveu, morreu e ressuscitou, que Seu poder foi comprovado quando venceu as trevas, rompeu a sepultura e ao terceiro dia viveu novamente aparecendo aos discípulos, e depois a centenas de pessoas até que foi assunto aos céus prometendo voltar. Você assim como eu tem a capacidade de entender que o poder de Deus vem se manifestando nesses dois mil anos de maneira fantástica, aquele pequeno grupo se tornou a Igreja de Jesus Cristo, a mais impactante instituição de todos os tempos, a fé mais transformadora, a razão de existência de bilhões de pessoas em todo planeta, o projeto de vida de gerações, a ação mais humanitária que existe, a força missionária mais eficaz de todos os tempos.

Paulo foi tão importante, Apolo deve ter sido alguém incrível. Seu pastor igualmente deve ser alguém que reflete a glória de Deus, tantos pregadores nos abençoam com suas sábias palavras e seus próprios líderes devem ser pessoas abençoadas e peço a Deus que sejam. Mas a nossa fé não está montada sobre esses pilares, ela se monta sobre o nome de Jesus Cristo e somente nesse nome nós descansamos em paz.

 

Minha Oração

 

Senhor, nesses tempos de tantas palavras e de tantas ofertas, me dá o discernimento de ouvir a tudo e reter o que vem exclusivamente de Teu Trono. Não me deixe ser enganado nem me permita enganar a mim mesmo nem tampouco a qualquer pessoa. Quero ser alguém que reflete a Tua glória e que em mim não haja glória alguma
ABOUT THE AUTHOR
admix