+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

Mais uma fase vencida em Minha Jornada

A vida não é uma corrida de 100 metros rasos, mas uma maratona, ela se vence por etapas e com estratégias em cada etapa…
Estou sentado em uma linda varanda diante de uma cobertura verde que me faz esquecer que estou praticamente dentro da mega metrópole de São Paulo. Descanso na casa dos meus amigos Cesar e Lúcia e aqui, como numa câmara de readaptação entre aquele ambiente branco hospitalar e aquele flat minúsculo onde passei os últimos 75 dias junto com minha fiel companheira Valeria, me preparo para voltar a tudo que amo e que há cerca de 90 dias deixei lá no Nordeste, na minha querida cidade de Recife.
Aqui iniciamos a 3ª fase desta minha jornada iniciada em Maio de 2010, desde então passando por quartos de hospitais, consultas médicas, tratamentos longos, quimioterapias, dores, incómodos, mas também vendo o progresso e a poderosa mão de Deus trabalhando em minha vida. Iniciamos a 3ª fase porque ontem após a consulta com Dr Frederico Dulley, meu médico aqui em São Paulo ele disse: Você está liberado, “ abra uma champagne e comemore seu tratamento foi muito bom” com isso encerramos a fase do transplante de medula óssea que me submeti aqui em são Paulo e amanhã as 13:10h embarcamos de volta para tudo que amamos em Recife.
Iniciamos agora a 3ª fase de recuperação física, exercícios, recuperação muscular, hidroginástica etc. Acho que será um ano olímpico para mim esse 2011.
75 dias de uma rotina que parecia interminável, dias de tédio, dias de dor, dias em que nada restava senão esperar pacientemente as horas se passarem para voltar a clínica e ser religado aqueles tubos e receber as medicações. Mas ao todo são 90 dias sem sentir o calor e o cheiro da pele de meus sempre pequenos Gabriel e Matheus, sem abraçar e apertar minhas “netinhas” minhas bonecas de milho como costumo brincar, longe de minha amada comunidade da PAES a Paróquia Anglicana Espírito Santo, sem ministrar a Palavra de Deus a eles ( isso é um deserto) , sem estar com minha equipe pastoral, time fiel que tem tocado o trabalho, sem poder conversar com meu velho pai, inspiração nesses momentos por ter ele vencido tantas etapas em sua própria vida, sem poder caminhar pela minha praia, sem poder estar com meus queridos amigos, sem poder trabalhar, escrever, planejar…
Mas ontem, recebi minha carta de alforria desta etapa, nunca sair de um consultório médico me fez tanto bem quanto aquele momento de ontem, 23 de Março de 2011, 17:30h.
Mas o que levo de lição deste tempo , ou desta etapa? Uhau, seria difícil dizer… lendo agora a saga de Ingrid Bettancourt nas selvas colombianas que ela mesma intitulou como : “ Não há silêncio que não acabe” eu posso dizer o mesmo, não há fase que não passe, não há chuva que não pare, não há dor que não passe, não há tempo que estanque… e posso acrescentar a tudo isso e a muito mais que eu poderia dizer as palavras daquele livro que é o norte de minha existência , a Bíblia Sagrada quando o salmista diz, puxando de lá de d entro de sua angustiada alma “ o choro pode durar uma noite , mas a alegria vem pela manhã” Sl 22
Vamos seguir para a 3ª fase com o mesmo ímpeto que Deus nos permitiu passar pelas duas anteriores, a Deus peço força, aos amigos peço paciência, a família peço apoio.. aos irmãos na fé peço as suas sempre e importantes orações…
Vamos a ela
Que Deus nos ajude
Miguel Uchôa
Leia Mais

Uma Leitura Importante

A leitura é algo indispensável na vida de uma pessoa que deseja desenvolver uma mente e acima de tudo uma mentalidade apurada, atualizada e aprofundada. Naturalmente isso levará, sem desvios, a uma vida que se antena com o mundo e a sua realidade. Tenho lamentado profundamente o desinteresse dessa geração pelo hábito da leitura, o que a está levando a uma grande possibilidade de alienação de semelhante intensidade. Essa geração, chamada de geração X, está crescendo assim,para nosso lamento.
Acabo de ler o livro de Paulo Cavalcanti, 1o volume ” O caso eu conto como o caso foi, ladrão é ladrão e boi é boi” CEPE editora. O autor coincidentemente é meu primo legitimo, na realidade primo de meu pai,ou seja o pai dele era meu tio avô. Após a leitura posso dizer que me orgulho de ter em minha estirpe familiar gente como ele, ao mesmo tempo em que lamento, não ter tido a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente.
Uma leitura de memórias políticas dele mesmo e que envolve a história política de Pernambuco desde a coluna Prestes até a queda de Arraes. Narrativa bem arquitetada que leva o leitor a imergir na história, conhecer os nomes dos ícones que construíram a nossa história. Trechos emocionantes como a prisão e a tortura de Gregório Bezerra, grande herói de nossa história e
massacrado, torturado pelos instrumentos da repressão que derrubaram os governos legalmente
eleitos e democráticos de Miguel Arraes ( estadual) e Pelópidas Silveira (municipal).
O caso, ele contou e cumpriu o seu papel, o problema é fazer com que essa geração que não ouve, porque não lê, conheça um pouco mais de sua história
,
Miguel Uchoa
Leia Mais