+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

Mudança da Igreja para um mundo em mudança

Quem me conhece de fato sabe que não sou um irresponssável que quer causar turbulências na igreja, tampouco sou alguém que deseja criticar por criticar. Mas, como diz Albert Einstein “ Quem segue o ritmo de um marcha em obediência cega e inquestionável deve ter recebido um cerebro por acaso”
Amo a igreja de Jesus Cristo e tenho isso como mandamento sagrado e por isso mesmo tenho tentando ser um cristão o mais contemporâneo possível e pregar dessa maneira para a sociedade na qual eu estou inserido. Sou Anglicano por convicção, creio na proposta dessa igreja e especialmente no seu ethos “ maneira de se comportar”. Mas, isso não significa que vivo longe do tempo em que vivo. Tenho admirado e buscado novas expressões de ser igreja e pretendo assim continuar. Um dos movimetnos que tenho acompanhado nos ultimos anos é o que surgiu na Inglaterra como iniciativa ecumênica, mas liderado por pastrores e leigos da Igreja da Inglaterra, que junto com Batistas e Metodistas tem desenvolvido uma maneira alternativa de ser igreja, moldada pela missão e não pela igreja simplesmente. Eu já disse isso algumas vezes “ devemos ser uma Igreja voltada para a missão e não uma missão voltada para a igreja”. Em Fevereiro o Sinodo Geral da Igreja da Inglaterra , mais uma vez apoiou essa iniciativa que tem recebido o mesmo apoio do Arcebispo de Cantuária e do Arcebispo de York, além do Rev Martin Atkins Sec Geral da Igreja Metodista Inglesa.
Posto abaixo algumas informações sobre esse movimento. A PAES, faz parte desse network que vem se ampliando e se tornando internacional.
Fress Expressions , “Novas Expressões” incentiva novas formas de igreja para um mundo em rápida mudança, trabalhando com cristãos de várias denominações e tradições. A iniciativa resultou em centenas de novas congregações sendo formadas ao lado de igrejas mais tradicionais. Foi iniciado em 2005 pelo Arcebispo de Cantuária e York e com o Conselho Metodista, mas agora também envolve uma série de outras parceiros.

• The Church of England
• The Methodist Church of Great Britain
• The United Reformed Church
• The Congregational Federation
• The Ground Level Network
• Church Army
• CMS
• Anglican Church Planting Initiatives

Fresh Expressions tem trabalhado ao lado e em conjunto com expressões mais tradicionais e mesmo essas igrejas tem tido a iniciativa de abrir igrejas dentro da visão de fresh expressions, o que mostra o equilíbrio deste movimento. A Tônica é uma igreja moldada pela missão e que se reune em diferentes locais desde cafés a shopping centers.. é a igreja em toda parte.
Eu entendo que há muito, já é tempo de sermos uma nova expressão de igreja

DEU NA MÍDIA

A Igreja da Inglaterra 010) votou na 3ª feira 9 de fevereiro de 2010 por continuar a incentivar “ Fresh expressions” novas expressões de igreja, ao lado das formas tradicionais como a mais promissora estratégia de missão em uma cultura de constante mudanças.
Em um acalorado debate na sessão de Fevereiro do parlamento da Igreja, O sínodo Geral pressionou por uma política mais imaginativa de recrutamento, formação e implantação de ministros ordenados e ministros leigos pioneiros. O moção diante do sínodo também incentivou o uso crescente da Ordem de Bispos missionários para que novas expressões de igreja possam participar plenamente na vida de cada diocese.
Falando pela primeira vez como bispo no Sínodo Geral, Steven Croft, Bispo de Sheffield e ex-líder da equipe de Fresh Expressions, disse que não havia nenhuma área que não devamos ir e prestou uma homenagem aos pioneiros que trabalham arduamente para estabelecer novas formas de Igreja a nível local.
Richard Moy , ministro pioneiro de Wolverhampton perguntou por que a Igreja da Inglaterra isola seus seminaristas por 3 anos em um local cheio de outros cristãos. Ele disse que se os pastores devem ser evangelistas eficazes deveriam conviver mais com mnão cristãos durante seu treinamento. Ele apelou para a Igreja da Inglaterra investisse mais na formação de pastores “ on the Job Trainning” , ou seja que estejam vivendo o cotidiano da vida enquanto são treinados.
O bispo de Oxford, John Pritchard, também apelou para uma maior coerência e coordenação em matéria de formação pioneira. Elaine Storkey, Diretora de Formação para o “ Church Army “ Exército da Igreja lembrou ao Sínodo que os leigos pioneiros não são considerados de 2a classe e que o Arcebispo de Cantuária disse que não havia ” os pouco importantes” numa igreja de economia mista, salientando a necessidade de igrejas tradicionais e novas expressões da igreja trabalhar lado a lado. Houve também altos elogios à iniciativa de “ fresh expressions” novas expressões de Batistas e Metodista representados no Sínodo.
O debate continuou na 5ª feira 11 de fevereiro com um relatório do Bispo Graham Cray, líder da equipa de Fresh Expressions sobre o andamento da iniciativa ecumênica nacional.
Fonte: www.freshexpressions.org.uk
Leia Mais