+55 81 30932991 contato@migueluchoa.com

O Ópio De Uma Nação, um turbilhão de ilusões

“Tudo sem sentido! Sem sentido!”, diz o mestre. “Nada faz sentido! Nada faz sentido! Ec 12: 8
Passou a folia, foram os sonhos, e… ficou a realidade… a lembrança da folia de momo , é triste, depressiva e onerosa, ilusões alimentadas, gastos indevidos e uma alegria que dista da felicidade tanto quanto o oriente do ocidente.
Em tudo isso me chama a atenção que toda a festa, toda a alegria , todas as manifestações das pessoas seja com atitudes mascaradas seja com máscaras de atitudes podem, e acontecem, dentro de toda a aceitação. Mas, atente, se acontecerem dentro destes longos e entediados 4 dias de folia.
Nestes dias , como disse o anuncio : tudo é válido! Cada um ganha a coragem para agir, dizer e viver da maneira que bem entende, mas no raiar da 4ª feira chamada ingrata os clarins anunciam que é hora de calar, voltar a timidez, recuar para o recatado, agir com sobriedade e viver a normalidade da vida.
Talvez você nunca tenha se dado conta da letra de uma das mais conhecidas canções de carnaval que existe. Pois bem preste atenção na famosa canção Turbilhão, interpretada tão bem por Moacir Franco.

A nossa vida é um carnaval

A gente brinca escondendo a dor

E a fantasia do meu ideal

É você, meu amor

Sopraram cinzas no meu coração

Tocou silêncio em todos clarins

Caiu a máscara da ilusão

Dos Pierrots e Arlequins

Vê colombinas azuis a sorrir laiá

Vê serpentinas na luz reluzir

Vê os confetes do pranto no olhar

Desses palhaços dançando no ar

Vê multidão colorida a gritar lará

Vê turbilhão dessa vida passar

Vê os delírios dos gritos de amor

Nessa orgia de som e de dor

Como cristãos, não precisamos brincar para esconder a dor e, nosso ideal não é uma fantasia, muito menos o nosso amor… não temos razões para agir como não somos e extravasarmos em um comportamento o que escondemos, para vivê-lo em 4 dias anuais de nossa vida. Você entende? Essa festa, não é a festa da alegria, mas a festa de uma falsa realidade, um analgésico na alma, um calmante no ser.
Karl Max disse que a religião éra o ópio do povo, mas ele somente disse isso porque não conheceu e nunca esteve no Brasil durante a folia de momo, porque esse, meus queridos(as) é o verdadeiro ópio da Nação Brasileira.
Miguel Uchôa
Leia Mais

O Mundo a Realidade e a Igreja

O Mundo , a Igreja e a realidade…

O Mundo vem se tornando a cada dia um lugar esquisito, estranho e mesmo arriscado de se viver. Mas, tudo isso, e outras esquisitices são fomentadas pela criatura mais inteligente que habita neste planeta água chamado Terra. Essa criatura saiu do eixo inicial quando decidiu , sob influência maligna, que poderia saber e gerir todas as coisas e processos… lêdo engano.. a história da humanidade comprova isso.
Numa perspectiva bíblica, no pensamento e doutrina cristã, todas essas esquisitices podem ser revertidas quando cada ser humano aceita, concorda e segue o Plano de Resgate, que Deus estabeleceu através do envio de Jesus Cristo, Nele, cada “aceitante” passa a se re-alinhar com toda a capacidade, caráter, perfil… que Deus havia planejado e implantado inicialmente no coração humano. Em tese, quando isso acontece esse ser humano resgata o seu primeiro “formato” e passa a ter uma mente,caráter e atitudes semelhantes às mesmas dantes existentes …lêdo engano, a história da igreja comprova isso.
Em nenhum momento duvido da capacidade de inteligência do ser humano, afinal de contas foi criado à imagem e semelhança do Trino Deus. Mas tenho percebido, sem méritos por isso, que algo impede esse ser humano impressionantemente dotado de gerir os processos da humanidade. É inadmissível que pandemias dizimem populações inteiras quando em outras partes do globo estas mesmas enfermidades estão sob total controle, é irracional que a fome afete tanto a humanidade, enquanto é sabido que a produção de alimentos do globo é suficiente para suprir estas necessidades. Se vivo, Josué de Castro teria o seu mesmo discurso e indignamento validados.
A Realidade é essa, os continentes mais carentes possuem os líderes mais déspotas do globo. A Africa com suas guerras e conflitos étnicos, apoiados por grupos políticos que se escondem, mas apostam nos resultados para aumentar a sua hegemonia na geografia do poder. Na América Latina resurge a estupidez de Hugo Chavez, despota maior, seguido pelos dominados da ideologia que lançam países como a Bolívia o Equador no caminho de um socialismo ultrapassado e comprovadamente anti democrático.
Nossa nação amarga os contrastes acentuados de uma sociedade doente. Temos uma liderança que prática tudo que criticou quando essa era a sua função e uma outra parte que agora critica tudo aquilo que tanto fez no passado. Uma classe política doente, sem dó, sem misericórdia que escraviza os mais carentes com programas sociais que distribuem migalhas e manipulam milhões… não há diferença entre a manipulação da TV via embratel na década de 70 regida pela malignidade de uma ditadura, onde levou só uma emissora a ter até 95% de audiência, com a manipulação dos prgramas sociais “bolsa isso, bolsa aquilo…” que levam a popularidade do presidente a índices alarmantes.
Mas não sou cético e meu “lamento” é uma análise realista de uma realidade inquestionável. Não sou cético porque tenho fé naquilo que Deus pode fazer. Deus deixou aqui uma igreja que agindo como um exército santo poderá combater estas discrepancias malignas que vivemos hoje. Sou realista mas tenho fé que homens e mulheres, regenerados na sua essência passem a gir como tal e, em cada local, em cada extremidade desse país e mundo, em todas as áreas , possam cumprir o mandato cultural de ser e fazer tudo com excelência e cuidar desse Jardim de Deus (Gn 2:15). Assim, o mundo poderá ser esse, mas igreja, sendo o que ela pode ser , fará a realidade ser diferente.

Leia Mais